Dr. Mario Celso Schmitt

Home

CUIDADOS COM O BEBÊ PREMATURO

16/11/2015

 
O bebê denominado prematuro ou pré-termo é aquele que nasce antes da gestação completar 36 semanas e seis dias.
 
Quando o bebê nasce muito antes do tempo, ele fica hospitalizado por um longo período porque os órgãos não estão totalmente prontos.

O bebê prematuro precisa respirar sozinho (sem aparelhos), ganhar peso, crescer e conseguir mamar adequadamente para poder receber alta.
 
Ao sair do hospital, é preciso adotar todas as medidas de segurança possíveis. A primeira delas está relacionada ao transporte para casa. Use assento de segurança para automóveis. No caso de problemas neurológicos que causem redução no tônus do pescoço (pescoço pouco firme) a posição sentada pode provocar problemas de respiração ou até apneias (parada temporária da respiração). Neste caso, o transporte seguro é deitado em uma espécie de caminha (moisés) no chão do banco de trás do veículo.  Leia mais sobre o transporte de bebês prematuros.

Os pais devem permanecer o maior tempo possível no hospital, acompanhando os cuidados da equipe médica para aprender todos os detalhes e conhecer o seu filho.

A presença constante dos pais é fundamental para melhorar o desenvolvimento neurológico da criança prematura.
Para minimizar a insegurança inicial de levar um bebê tão frágil para a casa recomenda-se conversar com o pediatra para resolver as principais dúvidas. Faça uma lista com as perguntas previamente.
 
Orientações para cuidar do bebê prematuro
 
1. Não dê qualquer medicamento ao seu filho, sem a ciência de seu pediatra. O metabolismo do prematuro é mais lento e não são raras as reações inesperadas a alguns medicamentos.
 
2. O choro é a linguagem do bebê, é a sua força de expressão. Não pense que todo choro quer dizer que o bebê está com cólicas. Veja se não está com as fraldas sujas, com frio ou calor, ou com fome.
 
3. Pessoas gripadas não devem pegar o bebê no colo.
 
4. A higiene das mãos em casa é tão necessária quanto no ambiente do hospital.
 
5. Beijos somente papai, mamãe e maninhos e, no máximo, os avós.
 
6. As vacinas devem estar atualizadas.
 
7. Febre é a temperatura acima de 37,2 graus C. Nesse caso o pediatra deve ser imediatamente contatado.
 
8. O seu bebê parou de respirar, engasga com frequência ou fica com a boca arroxeada, ou ainda, parece muito cansado e transpira ao mamar? Converse com seu pediatra imediatamente.
 
9. A respiração do bebê prematuro é mais ruidosa e não significa obstrução nasal. Use soro fisiológico somente se as narinas estiverem obstruídas, ou se o bebê estiver com dificuldade para pegar no seio ou para mamar.
 
Quanto mais diálogo ocorrer com o pediatra antes da alta, mais segura a família ficará para cuidar do bebê.
 
Galeria de Imagens
Compartilhar
Faça um Comentário