Dr. Mario Celso Schmitt

Home

O USO DE MEDICAMENTOS DURANTE A AMAMENTAÇÃO

15/09/2014



Afinal, quais são os riscos ocasionados pela utilização de medicamentos durante a amamentação? A Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA alerta que os medicamentos podem passar para o bebê através do leite materno. Alguns diminuem a produção de leite e podem até prejudicar a alimentação e o desenvolvimento do bebê.

As mães devem ficar atentas e não utilizar em hipótese alguma medicamentos sem a prescrição médica. Até mesmo os medicamentos indispensáveis devem passar por criteriosa avaliação médica, levando em conta a relação risco e benefício. O ideal é uma avaliação conjunta do obstetra ou clínico e do pediatra.

Encontramos diversos estudos publicados sobre o uso de medicamentos durante a amamentação destinados a orientar os profissionais de saúde. Segundo Chaves e Lamounier, a literatura mais completa e recente sobre o assunto foi publicada em 2004 por Thomas Hale, no livro Medications and Mothers´Milk. No livro, Hale classifica as drogas nos seguintes grupos: drogas mais seguras, drogas seguras, drogas moderadamente seguras, drogas potencialmente perigosas e drogas contra-indicadas para o uso durante a lactação.

As tabelas a seguir foram adaptadas do livro e publicadas pela Sociedade Brasileira de Pediatria. Na tabela 1 foram unificadas as drogas mais seguras e as drogas seguras. A não inclusão de algumas drogas nas tabelas significa que até a publicação do livro não foram encontradas evidências das mesmas em documentos, o que não exclui a possibilidade dos seus efeitos nos lactentes.

Recomendamos também, para consulta de medicamentos, o documento do Ministério da Saúde "Amamentação e o uso de medicamentos e outras substâncias", cuja última atualização é datada do ano de 2010.

DROGAS SEGURAS DURANTE A AMAMENTAÇÃO

 

DROGAS MODERADAMENTE SEGURAS DURANTE A AMAMENTAÇÃO



 

DROGAS POSSIVELMENTE PERIGOSAS DURANTE A AMAMENTAÇÃO




DROGAS CONTRA-INDICADAS DURANTE A AMAMENTAÇÃO




MEDICAMENTOS QUE INFLUENCIAM O VOLUME DE LEITE

Medicamentos podem aumentar ou diminuir o volume de leite materno.
Embora existam fármacos que apresentem potencial para aumentar a produção de leite materno especialistas afirmam que os estímulos mais valiosos para o aumento do volume de leite são a sucção do complexo aréolo-mamilar pelo lactente e a ordenha das mamas.

Várias drogas apresentam relatos de diminuição da produção láctea. As mesmas devem ser evitadas uma vez que a ingestão de leite materno está diretamente relacionada ao crescimento do bebê.


 

Fontes:
Sociedade Brasileira de Pediatria. O uso de medicamentos durante a lactação. Disponível em: http://www.sbp.com.br/show_item2.cfm?id_categoria=21&id_detalhe=1715&tipo_detalhe=s . Acesso em: 15. set. 2014.

BRASIL. Ministério da Saúde. Amamentação e o uso de medicamentos e outras substâncias. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/amamentacao_uso_medicamentos_2ed.pdf. Acesso em: 15. set. 2014.

Galeria de Imagens
Compartilhar
Faça um Comentário